Páginas

Quero encontrar:

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Pronto! Terminamos. E a culpa foi de quem???

Pronto! Terminamos. E a culpa foi de quem??? A culpa foi minha? Dele? Não, foi da sua felicidade. É ela quem determina para aonde você vai. Quando estamos em um relacionamento, temos que ter em mente que somos dois, tudo é dois. São duas vidas querendo ser felizes. Se entendemos isso, facilmente negociaremos nossos trajetos e traçaremos um que seja comum aos dois, claro, sem deixar os que já havíamos planejados para nós, na nossa individualidade, abandonado. A felicidade de si é coisa preciosa e não pode, por nenhuma justificativa, ser banida.

Caminhamos para algum lugar, temos nosso alvo, pode ser que chegue um momento que o outro vai ter que ir um pouco mais longe, mais ao lado, cima, baixo, ou até abandonar a caminhada, nem por isso, nós devamos fazer o mesmo. O negócio é parar um pouquinho, olhar no fundo dos olhos, tocar o coração e dizer "adeus", "seja feliz".

Fácil deixar quem nos acompanhou por tempos? Nunca será. Mas vamos em frente. A vida não para. E a felicidade nos espera sempre.
Sobre as dores da separação, fica para uma próxima postagem.


2 comentários:

  1. Thiago, incrível como seu texto me fez lembrar da comparação que faço da vida com uma viagem. Começamos sozinhos, depois pode ser que alguém se junte a nós por parte do caminho, longa ou curta, ou decida 'descer na próxima estação'. Belo texto. Parabéns. Gostei do seu blog. Fique à vontade para ler o meu também: omyope.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Glauber. Obrigado por ler meus textos. Vou acessar e ler o seu bkog também.

    ResponderExcluir

Opine sempre. Essa é a sua arma.